O blog Poderosas Gordinhas é uma revista eletrônica com conteúdo diversificado sobre Moda, Beleza, Saúde, Comportamento, Opinião, Autoestima, Sexo, Mercado de Trabalho, e outros temas. Um espaço exclusivo para divulgar o talento, beleza e versatilidade das mulheres consideradas fora do "padrão de beleza" ditado pela moda e imposto pela sociedade e mesmo assim, são fantásticas, de bem com a vida e com seu corpo.

Ser modelo plus size. Por quê?

Olá meninas!

Há algum tenho tenho recebido diariamente diversos e-mails de leitoras que desejam ser modelo plus size. São e-mails com as mais lindas histórias de vida e superação, com fotos de mulheres belíssimas. E, por não ter conseguido responder a todas, resolvi escrever este post.

Bom, primeiramente quero deixar claro que, o blog Poderosas Gordinhas não tem nenhuma ligação/relação com agenciamento de modelos plus size, assim como também não indica ninguém para trabalhos neste tipo. O blog tem como objetivo oferecer conteúdo de qualidade que informe, qualifique, valorize e estimule o universo plus size de maneira geral.

Os e-mails que recebo são de mulheres bonitas, simpáticas e algumas possuem até mesmo um estilo para seguir carreira, porém, o grande número e-mails recebidos é que me preocupa e me fez pensar: Porque você gostaria de ser uma modelo plus size?

Pergunto isso porque, hoje em dia, existe um mito de que, toda mulher gordinha para ser aceita e considerada bonita precisa ter o título "modelo plus size". E acredite, isso é pura lenda, não existe, não é assim na vida real. Modelo Plus Size nada mais é que uma profissão e não pode ser um rótulo de aprovação para ninguém.

Tenho 34 anos, peso 115kg [por aí] e me considero uma mulher bonita, simpática, atraente, sensual, inteligente e muito comunicativa. Se sou modelo plus size? Não, não sou. E pra ser sincera, nem pretendo. Sou feliz com a profissão que escolhi (sou publicitária) e não vejo razão nenhuma para me tornar uma modelo. Ou seja, você não precisa seguir carreira de modelo plus size só para que as pessoas te aceitem ou te vejam como uma mulher bonita, você poderá ser tudo isso seguindo a carreira que já tem.

Digo isso porque o mercado de moda plus size ainda é restrito, com pouco [ou quase nenhum] investimento, e não é fácil conseguir um trabalho e quando se consegue, não se é devidamente remunerado, diferente do que acontece com uma modelo convencional. 

Infelizmente ainda temos muito o que amadurecer e crescer neste mercado. Além disso a concorrência é imensa, temos muitas e muitas meninas lindas e talentosas atuando como modelo. Mas infelizmente criou-se um mito de que toda gordinha pode ser modelo, e me desculpem, mas sabemos que isso não é verdade. 

Para ser modelo não basta ter um rosto bonito, ou um corpo apropriadamente volumoso e com curvas como de Fulvia Lacerda. É preciso também ter muita paciência, determinação, foco, concentração e principalmente, talento e vocação. Não é algo tão simples como se parece.

Assim como qualquer profissão, para ser uma modelo plus size é preciso se preparar, fazer cursos [fotografia, passarela, presença de palco, etc], investir e se dedicar à carreira. Ou então, será apenas uma experiência, uma diversão que acabará logo. Experimente conhecer melhor a carreira de modelo [plus size ou não], veja o que é preciso, como é o dia-dia, leia, informe-se. Isso lhe dará um norte para sua decisão.

Você deve estar se perguntando "Será que essa Alcione está querendo destruir meu sonho de ser uma modelo plus size?"

Não querida leitora, não estou. Ao contrário, quero te ajudar a refletir se é isso o que você realmente deseja para sua vida. Se for, ótimo! Corra atrás do seus sonhos, batalhe e seja muito feliz, saiba que estarei na torcida pelo seu sucesso. 

Porém, se este foi um desejo momentâneo apenas para se sentir uma mulher bonita e interessante, peço que repense seus conceitos e descubra a mulher linda e maravilhosa que existe em você. Seu talento, beleza e sensualidade não estão no título "modelo plus size".

Pensem nisso.

Bjs da gorda!

4 comentários:

  1. Olá, tudo bem?
    Sábias palavras, pois acho que não se pode hoje em dia querer fazer parte de um padrão para ser aceita.
    É preciso se amar mesmo, acima de qualquer coisa.
    Bjocas, Aline Cristina
    http://negrabelissima.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Ótimo texto Ci, é bom que se esclareça definitivamente que nem toda gorda tem perfil de modelo assim como nem toda magra tem perfil de modelo.
    A beleza vai além das curvas ou da falta delas, é um contexto um tanto abrangente e pessoal que difere não somente do gosto de casa um como também da cultura de cada local. Há culturas em que mulheres volumosas são o padrão de beleza desejado e por aí vai.
    O título "modelo", ainda, se confunde muito com glamour...infelizmente.

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo texto! Às vezes fica parece que o caminho da aceitação do próprio corpo de uma mulher gorda e bonita é virar modelo plus size. Que bobagem!

    ResponderExcluir
  4. Adoreiii o post !!!
    Vcs precisam conferir as nossas fantasias PLus Size
    Passa lá agora : http://www.butiquebella.com/categorias-index/81263/fantasias_plus_size.html


    Bjosss

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails